CAMILA_014_RETRATOS - -05448_baixa.jpg

ensino

Uma educação do sensível.

 

Suculentas: prática de dança e improvisação.

AULAS ONLINE NO ZOOM

TERÇAS E QUINTAS • 10h45 às 12h 

SEGUNDAS E QUINTAS • 18h às 19h15

Se inscreva clicando aqui

As aulas têm como objetivo despertar em quem dança o desejo e a descoberta de um movimento sensível e suculento, promovendo consciência e expressão corporal, energia e imaginação. A condução proposta faz uso de imagens e de estímulos poéticos associados a diversos princípios técnicos do estudo do movimento.

 

Estimulando a singularidade de cada participante, a aula convida para uma escuta de si e das sensações físicas propostas: uma experiência de prazer, autoconhecimento e liberdade por meio da dança. 

 

princípios técnicos

Os princípios abordados em aula têm influência de referências que vão do ballet clássico à dança contemporânea, passando pelo teatro (antropologia teatral, viewpoints e máscara teatral), como: respiração e escuta; desejo, impulso e desequilíbrio; qualidades e dinâmicas de movimento. 

 

estímulos poéticos

Enraizar os pés no solo fazendo nascer flores pelos braços, ter rios que correm nas pernas, luas e estrelas nas mãos. Raspar as cascas da solidão, abrir as torneiras do coração. Estes são exemplos de estímulos utilizadas e que têm origem em artistas e escritores como: Kazuo Ohno, Pina Bausch, Isadora Duncan, Manoel de Barros, Valter Hugo Mãe, Gabriel García Márquez e Clarice Lispector. 

público alvo

Qualquer pessoa é convidada a participar, não há um pré-requisito específico, porém a proposta da aula pode ser fisicamente um pouco exigente para corpos sedentários. Adaptações podem ser  sugeridas ao longo da aula, de acordo com cada participante. Atualmente a faixa etária dos alunos varia de 20 a 60 anos. 

Influências no estudo do movimento.

 

Oficina Corpo-Carta

EM BREVE INFORMAÇÕES SOBRE UMA NOVA EDIÇÃO. 

"Ao escrever uma carta de amor, não adianta escrever com a cabeça. É escrever com o corpo todo, escrever com a alma. Fico pensando em como seria maravilhoso se pudéssemos escrever cartas de amor com os pés." 

Kazuo Ohno - Treino e(m) Poema 

A oficina faz parte do projeto de pesquisa Corpo-Carta e tem como proposta oferecer aos alunos uma experiência de improvisação e criação de pequenos solos de dança autorais, partindo do mote de escrever cartas com o corpo. Um corpo que se expressa através de um movimento sensível e autoral, sendo capaz de contar histórias e manifestar sentimentos por meio da dança.

 

Investigando metodologias de improvisação associadas a estímulos poéticos, a oficina percorre princípios técnicos e expressivos do estudo do movimento, como qualidades e dinâmicas do movimento e estados corporais. As aulas são divididas em dois momentos: um primeiro momento direcionado à investigação e exploração do movimento e um segundo momento direcionado à improvisação e à criação dos solos-cartas. 

 

Oficina Corpo-Máscara

COM O GRUPO MÁSCARA ENCENA.  

EM BREVE INFORMAÇÕES SOBRE UMA NOVA EDIÇÃO. 

Saiba mais clicando aqui

A oficina Corpo-Máscara tem como objetivo compartilhar a pesquisa desenvolvida pelo grupo Máscara EnCena, desde sua origem em 2014. Os princípios técnicos e expressivos do corpo, presentes no trabalho do grupo, são investigados na oficina por meio do uso de máscaras expressivas inteiras de feições humanas. 

 

Entre os conteúdos abordados estão: percepção e escuta do corpo, respiração, relação com o espaço e com o outro, estados corporais, foco, interesse, ação, reação, triangulação, improvisação e criação dramatúrgica com a máscara. 

O grupo já realizou diversas edições da oficina, incluindo edições através dos editais SESI SP Viagem Teatral e FAC Pró Cultura RS, tendo passado por cidades do RS e de SP. 

@camilakvmc